Notícias

Modernização

Governo lança a nova Identidade Padrão de Comunicação Digital

publicado: 07/08/2018 17h54, última modificação: 09/10/2018 12h52
Projeto permite que cidadãos tenham uma mesma experiência de navegação nos sites e portais do governo

O governo federal lançou nesta quarta-feira (5) a nova identidade do Executivo Federal na internet. Com o projeto, a arquitetura e o visual dos sites e portais serão padronizados para permitir que o cidadão tenha uma experiência comum nos ambientes digitais do governo.

A Identidade Padrão de Comunicação Digital consiste em um conjunto de diretrizes, padrões e modelos para serem aplicados na construção e na atualização diária das propriedades digitais do Executivo Federal.

As referências e os procedimentos para que os ministérios e demais órgãos federais adotem a nova Identidade Digital já estão disponíveis no Portal Padrão e nos manuais orientadores. A partir de agora, as equipes poderão planejar e implantar o novo modelo em seus sites e portais.

Pilares do projeto

Uma experiência digital comum permite que os usuários percorram caminhos semelhantes para acessar as informações que buscam nos diversos ambientes digitais do executivo federal, de modo que poderão encontrar o que precisam de forma fácil, ágil e intuitiva.

A padronização garante credibilidade às informações divulgadas, além de representar economia de recursos, uma vez que todos órgãos do Executivo Federal podem aderir ao projeto sem necessidade de novos investimentos.

A perspectiva editorial também foi reformulada para que os conteúdos tenham uma linguagem mais simples, objetiva, acessível e próxima da realidade dos brasileiros.

Pilares da Nova Identidade Digital do Executivo Federal

  • Experiência digital comum – mesma arquitetura e estrutura de navegação
  • Relevância para o público – voltado para as necessidades da população
  • Acessibilidade – tecnologia e linguagem acessíveis a todos os públicos
  • Economicidade – padrão é desenvolvido e aplicado a todos os órgãos, o que evita novos gastos
  • Credibilidade – permite que o cidadão encontre e reconheça facilmente conteúdos oficiais
  • Inovação – acompanhar as tendências e boas práticas de comunicação na internet, sobretudo aquelas com aderência dos brasileiros.

A construção do projeto foi também baseada na metodologia adotada pela Organização das Nações Unidas (ONU) para avaliar o comprometimento dos países com um governo eletrônico focado no desenvolvimento sustentável. Entre os critérios previstos estão transparência dos dados públicos, governo unificado em uma só plataforma e existência de mecanismos de participação social.

A iniciativa faz parte do conjunto de ações do governo para modernizar a administração pública e melhorar a qualidade de vida dos brasileiros.

Pilares da IDG